Closet

Como se vestir no trabalho

Como se vestir no trabalho

Photo Credit: Agência Fotosite

Executivas, advogadas, secretárias, juízas, mulheres do mundo corporativo estão em busca de uma alfaiataria confortável para o trabalho, segundo a estilista Cláudia Simões, uma das marcas mais procuradas no setor do workwear. “Em formas mais amplas e estruturas confortáveis, a alfaiataria feminina segue as formas tubulares dos anos 60. Conforto sem esquecer a elegância é a prioridade”, afirma Claudia.

“Até mesmo nos uniformes, as empresas ousam na modelagem optando por um design mais moderno e adaptado ao corpo”, lembra a estilista, para quem, o clássico conjuntinho agora surge descombinado e o vestido, em nome da feminilidade, tem subido de cotação no mundo corporativo. No work look de agora, segundo Cláudia, estão valendo:

A
volta dos tubos: vestidos trapézios, vestido coquetel para recepções à noite. Os tubos, usados com casaquinho mais curto e geométrico, transitam livremente do escritório para a happy hour.

Tecidos naturais com microfibra
: texturas como o linho, os algodões e os empapelados misturadas à microfibra garantem um toque confortável e evitam que a roupa amasse demais, dando aquela impressão de que acabou de sair da boca do lobo.

Colete em alta: ele rejuvenesce, completa e renova o look, usado sobre saias, vestidos e calças. Peça-forte, o colete surge mais comprido ou curtinho, com lapela e abotoamento de alfaiataria para vestir sobre camisa.

Tons
: naturais, beges, queimados, nude, verde oliva, marinho, preto deixando as cores fortes para os acessórios, que aceitam na medida exata a alegria do rosa, do tangerina, dos azuis e do branco, campeão da temporada.

Paletós: curtos, de modelagem mais despojada, geométricos lembrando o estilo sessenta de designers como André Courreges e Pierre Cardin.

Calças
: embora tenham vindo mais justas e curtas, até pescando siri na passarela, no trabalho devem permanecer retas seguindo à risca as regras da alfaiataria masculina. Nem largas e nem justas demais.

Saias: estilo envelope, retas, godês, elas comandam o processo corporativo sem perder o prumo, usadas com tricôs, twin sets e camisas.

Toque da estação
: uma estampa étnica localizada, um colar afro enfeitando a camiseta básica dão a modernidade do look sem virar membro da tribo massai.

Jeans
: as calças de lavagem mais escura, perto do corpo, combinam com os coletes e os paletós gênero índigo chique.

Azul marinho, campeão do escritório à presidência da república

Executiva de jornalismo da área do petróleo, Carmen Inês põe em prática todos os dias a arte de se vestir com elegância e conforto. “Começo descoordenando os ternos e levando na bolsa um salto mais baixo para o dia a dia”, conta ela, que freqüenta da presidência da república ao senado, do escritório à plataforma de petróleo. “Cores como lilás e rosa são difíceis de usar. Os campeões são azul marinho, preto, cáqui e cinza”, diz Carmen, lembrando que o paletó tem que cobrir o bumbum para driblar o vulgar.

Truques de estilo de uma executiva

Trocando de camisa:
a camiseta básica pode ser substituída por uma camisa de seda estrategicamente levada na bolsa para combinar com a saia ou a calça comprida.

Tempo quente
: altas temperaturas exigem imaginação para manter a elegância. É hora de apostar no vestido, na calça cigarette de seda com camisa branca, na sapatilha rasteira chanel preta e branca ou no escarpim de salto médio.

Descombinando os conjuntos
: o blazer do terno areia completa o look do vestido preto.

Combinações preferidas
: cáqui e preto, marinho e cáqui, marinho e rosa, marinho e preto, roxo com verde (de preferência no lenço), laranja, tom da estação, na carteira de noite.



Repost This

Heloisa Marra é editora do site www.heloisamarra.com e autora do livro Estilo No Trabalho, junto com Julio Rego, editado pela Editora Senac Rio.


Classificação de artigos
Clique em uma estrela para classificar este artigo

comments

Teste

Ao colorir os cabelos, qual o número máximo de tons, mais claros ou mais escuros do que a cor original, você pode usar?

Pesquisa

O que você acha do novo comprimento da saia longa?