Closet

Estratégias de compra para o armário perfeito

Estratégias de compra para o armário perfeito

Faça de 2011 o ano que você parou de comprar quantidade em vez de qualidade e de comprar versões ligeiramente diferentes da mesma roupa. Basta seguir estas cinco estratégias para obter o máximo de elegância do seu dinheiro nas compras; você nunca mais terá de lamentar que “Meu armário está lotado e não tenho nada para usar!”

Estratégia 1: Analise o seu armário
Verificar o que você realmente tem no seu armário ajudará a perceber o que você realmente precisa adicionar a ele, conta a estilista de moda Mar Yvette. Gaste algumas horas experimentando cada item que você não usa há algum tempo. Veja como ele fica em você, como você se sente e se as roupas combinam com tudo o que está no armário. Fique aberta para novas combinações. O cardigã que você comprou há uma década pode ser a peça certa para usar hoje com um cinto sobre um vestido justo. “Comprar roupas sem saber realmente o que tem no seu armário fará com que você acabe gastando muito dinheiro em peças de que não precisa.” 

Estratégia 2: Simplifique e use coisas de qualidade
Isso vai contra a necessidade de comprar que você tem, conta Yvette, mas “menos é mais”. O objetivo é montar um guarda-roupa que dure. Você economizará dinheiro a longo prazo se comprar poucas peças de melhor qualidade (e, portanto, mais caras) em vez de comprar muitos itens baratos que provavelmente vão desgastar ou sair da moda. A maior parte do seu armário deve ser ocupada por peças de qualidade, feitas com tecidos, tais como cashemere e linho, que transcendem o tempo. Siga a estratégia 1, retirando todos os itens que você não usou durante um ano. Se eles não servirem mais e já estiverem fora de moda, doe-os.

Estratégia 3: Crie partindo do básico
Não importa se o seu estilo é clássico, casual ou de vanguarda, estes itens essenciais são a base para um guarda-roupa funcional:

  • Calça preta, a mais básica das básicas
  • Jeans escuro, de preferência, reto
  • Camisa branca: a designer Carolina Herrera não tira do corpo
  • Cardigã, para colocar sobre o vestido justo ou combinar com o jeans ou as calças pretas
  • Terno de duas peças para misturar e combinar a jaqueta e a saia com todas as peças acima

Estratégia 4: Escolha itens com dupla finalidade
Carilyn Vaile, que desenha itens fáceis de usar para mulheres atarefadas, recomenda comprar itens que possam ser usados em várias ocasiões. A pergunta a fazer enquanto você olha as peças nas prateleiras das lojas é: Essa túnica pode ser usada como um minivestido? Posso colocar um cinto nesta jaqueta leve para usar como um vestido, com meia fina e salto alto? “Se um item puder se transformar com facilidade em outros modelos, fico interessada”, conta Carilyn. “Além de ele ficar por mais tempo em meu guarda-roupa, também posso usá-lo com maior frequência.”

Estratégia 5: Tenha cuidado ao comprar em liquidações
Não há dúvidas que algumas roupas que lotam o seu armário ainda estão com as etiquetas de liquidação penduradas, pois você não conseguiu resistir a um "bom negócio". No entanto, não foi um bom negócio comprar aquela blusa, aquele vestido ou aquele par de botas (um pouco apertadas) por causa do desconto de 90% se você nunca usou esses itens. Antes de comprar uma peça em liquidação, pergunte-se: Eu realmente gostaria de comprar esta peça (nesta cor, neste tamanho e com este estilo) se não estivesse com desconto? Se a resposta for não, deixe pra lá.



Repost This

Karen Brailsford escreve sobre estilo para diversas publicações de moda e celebridades.


Classificação de artigos
Clique em uma estrela para classificar este artigo

comments

Teste

Ao colorir os cabelos, qual o número máximo de tons, mais claros ou mais escuros do que a cor original, você pode usar?

Pesquisa

O que você acha do novo comprimento da saia longa?